Dicas de Marketing para Pequenas e Médias Empresas

Muitas vezes, o começo da empresa tem tudo a ver com o que ela oferece. O fundador e demais funcionários são especialistas naquela área e a executam muito bem. Porém, o que muitos empresários podem esquecer é que são necessários alguns segmentos para o sucesso de um negócio, como financeiro e marketing.

Ao contrário do que muita gente acredita, marketing não significa propaganda. As propagandas fazem, sim, parte da função do marketing, mas não se resume a isso. É preciso estudar comunicação e entender sobre as estratégias cabíveis na sua pequena ou média empresa.

Por isso, separamos algumas dicas interessantes para que você saiba por onde começar a estruturar suas estratégias de marketing.

 

1 – Tenha um plano de negócios bem definido

O plano de negócios é um ótimo norte para qualquer empresa. Se a sua pequena ou média empresa ainda não tem um plano, esse é o momento de fazê-lo. Através desse documento, uma análise é feita para que você possa considerar as oportunidades de negócio, solucionar fraquezas e ampliar as suas forças.

Planning business.

Você vai precisar fazer uma pesquisa minuciosa sobre a sua área de atuação, sua região, investimentos a serem feitos e ações que podem ser implementadas. Com todo o plano definido, é mais fácil tomar decisões.

É interessante criar um plano de marketing ou de comunicação junto ao plano de negócios. Afinal, a comunicação deve fazer parte da sua empresa.

 

2 – Estabeleça metas de curto, médio e longo prazo

O plano de negócios vai te auxiliar a analisar o seu mercado de atuação. Através da noção de como o seu segmento funciona na sua região e de quais são os seus objetivos com a empresa, é possível traçar metas reais.

Faça uma lista e tente descrever como cada meta pode ser alcançada. Qual o passo a passo necessário para que os objetivos sejam conquistados?

Enquanto estiver definindo isso, considere como utilizar a comunicação para auxiliar a alcançar as metas. Cada meta necessita de uma ação condizente, que seja mensurável e que contribua para o crescimento ou fortalecimento da sua empresa.

 

3  – Saiba qual é o seu público-alvo e defina uma persona

Quanto mais você souber para quem está vendendo, mais consegue aprimorar produtos e serviços de acordo com as demandas e expectativas desse consumidor. Entender a fundo o seu público-alvo é necessário para melhorar o seu negócio a partir dos interesses dele e conseguir estabelecer uma comunicação que o atinja.

Neste caso, você deve esquecer completamente aquela frase que atribuem ao marketing, “vender gelo a um Eskimó”. O seu produto ou serviço deve ser vendido a quem tem o interesse, queira ou precise. É essencial que você saiba que o seu produto ou serviço pode não ser útil para todas as pessoas.

research

Você pode construir o perfil do seu público-alvo conversando com seus clientes. Busque informações importantes, como idade, escolaridade, região que mora e interesses. Assim, é possível ter um leque de “clientes ideais”.

 Conhecendo os hábitos, interesses e informações dos seus consumidores, você conseguirá criar uma persona. A persona faz parte do público-alvo, mas nem todos os clientes do seu público-alvo serão iguais a sua persona.

A persona, basicamente, é um perfil criado através dos detalhes mais relevantes do seu público-alvo. A empresa deve criar a persona com um nome, idade, rotina, hobbies e demais fatores determinantes do seu cliente.

Por que? 

O público-alvo e a persona determinam o que, como, por onde e quando você consegue vender. Tudo isso interfere diretamente em estratégias de marketing. Por exemplo, se a sua persona é uma senhora de 65 anos, aposentada, que gosta de viajar para pousadas e ter uma vida mais tranquila, dificilmente você conseguirá se comunicar com ela através do TikTok.

 

4 – Mantenha contato com o seu cliente

O contato com o seu cliente é essencial para o sucesso do seu negócio. Atualmente, a experiência do cliente é muito levada em conta pelos consumidores. A maioria das pessoas busca por relatos sobre a experiência de compra com empresas que estão pensando em adquirir um serviço ou produto.

Salesman writing on clipboard at counter in grocery shop

O que faz parte do atendimento e da experiência do cliente é o pós-vendas. A forma pela qual você constrói uma relação, entregando informações e se mostrando disponível é muito importante.

Manter o contato com o seu cliente pode ser positivo por:

  • fazer com que o seu negócio seja lembrado de maneira positiva
  • trazer as atuais necessidades do seu cliente e gerar insights sobre a melhoria dos seus produtos
  • manter a sua empresa atualizada em relação ao mercado

 

5 – Invista no Marketing Digital

Atualmente, é quase impossível ter uma empresa e não ter uma presença digital. Comece pelo básico e barato, que são as redes sociais. Faça uma página oficial do seu negócio e poste conteúdos relacionados com seus produtos e serviços. Estar presente no digital, de certa maneira, gera credibilidade. 

Qual o melhor canal para investir? Quem define isso é o seu público-alvo. Conhecendo os perfis dos seus  consumidores, é possível direcionar melhor o canal de comunicação e maneira que as mensagens são passadas.

O e-mail marketing também é muito útil. As pessoas usam e-mail e verificam suas caixas de entrada regularmente. Com a base de dados das suas vendas, é possível estabelecer uma comunicação direta e personalizada.

Nossa dica de ouro é: esteja no aplicativo da NoBeeHouse! Nossa plataforma conecta o consumidor com o prestador de serviços e estabelecimentos da região. Com o seu cadastro e o recurso de geolocalização, diversos clientes poderão te conhecer e entrar em contato.

Baixe agora o aplicativo. Cadastre-se, deixe o seu perfil bem montado, descreva com detalhes seus produtos ou serviços, que os usuários NoBee da sua região vão te encontrar.

Não perca mais tempo! É fácil e rápido. Venha ser prático. Venha ser feliz. Venha ser NoBeeHouse!

Continuar lendo